dezembro 30, 2020

0

Que multidão de dependências na vida, leitor!

Umas cousas nascem de outras, enroscam-se, desatam-se, confundem-se, perdem-se, e o tempo vai andando sem se perder a si.

Machado de Assis, Esaú e Jacó, XLVIII

 

É chegado o momento de me despedir das atividades sindicais.

Sei que ocorreram equívocos e erros durante o período, mas saibam que o intuito de acertar era o meu horizonte, nunca desviei minhas atitudes, tampouco sou de fugir à luta no combate e nas lutas pela categoria dos Oficiais de Justiça, nunca me escondi nos momentos difíceis.

Sei também que houve muitos acertos, porém, como não sou afeito ao “narcisismo” e as marcas instantâneas das mídias sociais, alguns perderam o tempo e ficaram pelo caminho, aliás, não é o meu forte querer créditos das ações. Mas a história me resguardará o devido lugar. Disso tenho a consciência tranquila.

Ao longo de todo este tempo, coloquei-me ao tempo e a hora como se o Sindicato fosse um sacerdócio inescapável e que no meu gesto poderia mudar comportamentos, atitudes e ações, no exercício sempre cuidadoso de evitar o “personalismo”, “mandonismo” etc.

Mas quem realmente conhece a história do SOJEP, hoje SINDOJUS-PB, sabe ou deveria saber todos os momentos vivenciados por este Sindicato, que foi forjado nas lutas de homens e mulheres abnegados que fizeram o melhor de si.

Aos colegas e parentes que se foram ao longo desta caminhada, minhas ternas lembranças, foram momentos difíceis.

Os dias que se apresentam não serão fáceis, precisaremos de determinação, força e coragem à luta, para refazermos caminhos, melhorarmos as estratégias, inovarmos nas táticas e no comportamento humano.

Deixo a direção, mas não deixo a militância, afinal, ainda estou inserindo na categoria. Contudo, novos projetos devem se apresentar no decorrer no tempo, diante de muitas coisas que ficaram atrasadas e não resolvidas durante esse tempo.

AGRADEÇO às funcionárias do Sindicato que sempre honraram com o seu trabalho o funcionamento da entidade.

AGRADEÇO às assessorias do Sindicato, pela valiosa contribuição na efetivação das ações por ele desenvolvidas.

AGRADEÇO, enfim, A TODOS E A TODAS OFICIAIS E OFICIALAS DE JUSTIÇA pelas demonstrações de bom companheirismo na luta durante estes seis anos à frente do Sindicato.

MUITO AGRADECIDO E QUE TENHAMOS UM 2021 SEM MUITA DOR, COM FORÇA E FÉ EM MELHORES DIAS.

BENEDITO FONSECA