Notícias

0

A maioria dos Oficiais de Justiça da Paraíba é contrária a anteprojetos de lei de autoria da presidência do Tribunal de Justiça, que visam extinguir a Indenização de Transporte, reduzir os valores das diligências e desvirtuar suas atribuições.

O posicionamento, manifestado através de abaixo-assinado virtual realizado pelo Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba entre os últimos dias 16 a 19, demonstra que, ao contrário do que apregoa o desembargador-presidente Márcio Murilo, 98% da categoria não apoia as referidas propostas, pautadas para serem votadas às 10h da próxima sexta-feira (22), durante sessão extraordinária do Pleno.

Os diretores Diarley Johnson (mobilização e imprensa) e Rodolfo Raulin (esportes, cultura e lazer), que operacionalizaram o abaixo-assinado, agradeceram a todos que manifestaram o sentimento comum à maioria, que não poderia ser outro, que não o repúdio a iniciativas que visam, em pleno período de pandemia, prejudicar a categoria, que amarga achatamento salarial decorrente de descumprimento, por quatro anos, da lei da data-base.

Por sua vez, o presidente do Sindojus-PB, Joselito Bandeira, elogiou o trabalho desenvolvido por Diarley e Rodolfo, que simboliza o novo modelo de gestão compartilhada adotado pela atual diretoria, onde todos têm apoio e autonomia para conceber ideias e pô-las em prática.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *