Notícias

0

A Odiss?ia - homenagem ? companheira Laudic?iaO Sojep presta uma singela homenagem ? companheira Laudic?ia, que tanto nos alegrou durante sua passagem no plano terrestre.

“ODISS?IA”

E como quem veio do nada, em busca de sonhos, ela se instalou entre n?s. Na bagagem, porções de id?ias, lutas, segredos…e uma f?rmula contra o medo.

Chegou, sentou-se em um dos f?nebres corredores do f?rum e escancarou suas malas…Passou, então, a arquitetar seus planos e, em pouco tempo, recebeu flores, de “gregos”, e , espinhos, de “troianos”.

Na sua bagagem havia, ainda, uma f?rmula secreta: a de não desistir nunca, de não passar pela vida em brancas nuvens, nem deixar seus sonhos, em repouso pl?cido, adormeceram.

Mas ela partiu…para os nossos prop?sitos, muito cedo.

Sua voz, rouca, sem freios, ainda ecoa em nossos ouvidos…e o medo…ah, o nosso medo de lutar por nossos ideiais, ela arrancou de n?s e o aprisionou ? sete palmos de terra.

Mas, ainda assim, ela partiu.

Na sua despedida, ela olhou para Deus e disse:

*Porra, bicho, tu já queres que eu fa?a minhas malas?

O Criador, com certeza, em sorriso, deve ter lhe dito:

” Pode parecer, filha,
que foi pouco o teu tempo,
e que nada deixaste,
de flores, frutos, sementes…
Mas olha ? tua volta
a imensidão da plat?ia!
Vamos, preciso de ti,
não tenhas medo,
h?s de descobrir outros segredos,
não mais aqui, n’outra odiss?ia.

A voc?, Laudic?ia, dedicamos este dia e todas as nossas (suas) lutas por dias melhores.

Valterivan Freire

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *