Notícias

0

PCCV. SERVIDORES CLAMAM POR  SOLIDARIEDADE E JUSTIÇA! TJPB: ?Não VAI MOSTRAR, não VAI MOSTRAR , N?O

PCCV
SERVIDORES CLAMAM POR SOLIDARIEDADE E JUSTIÇA!
TJPB: ?Não VAI MOSTRAR, não VAI MOSTRAR , não VAI MOSTRAR…?

Seria c?mico se não fosse tr?gico para a vida de quase 3 mil servidores, ouvir do homem que ocupa o mais alto cargo da magistratura paraibana, O Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Ant?nio de P?dua, utilizar-se do site da Instituição e, em seguida ao dia da paralisação dos servidores pela apresentação do plano, fazer a seguinte afirmação: ?não vai mais mostrar? o PCCR.
Apesar de ser tr?gico e grave, aprendemos que humor mordaz s? se combate com humor mordaz. Sim, porque se tal declaração não tivesse A GRAVIDADE LEGAL E MORAL que comporta, seria c?mico. Pareceria até coisa de crian?a birrenta quando bate o p? e declara ?não mostro, não mostro, e não mostro?.
Entretanto, nunca ? demais lembrar que a crian?a, ? claro, al?m de ser crian?a, faz esse tipo de afirmação em relação aos seus objetos, brinquedos de uso pessoal coisas de sua propriedade privada! Nunca em relação ao alheio. E, muito menos, ao público!
Ora, Senhor Presidente, Vossa Excel?ncia, mais que ningu?m sabe das in?meras tentativas que realizamos para ter conhecimento da minuta desse plano. Todas amig?veis, equilibradas e polidas, como ? de praxe na postura desse Sindicato, até nossas paralisações, nossas greves, toda essa corte sabe muito bem, que foram e são pac?ficas, ordeiras, e principalmente ?justas? ? como s? essa corte não quer ser! Sen?o, vejamos: Houve Justiça quando negaram a esse Sindicato a disponibilidade de seus Diretores enquanto concederam a disponibilidade dos Diretores dos demais Sindicatos ? Claro que n?o! Tanto assim que o Conselho Nacional de Justiça corrigiu de pronto a inJustiça praticada. há Justiça quando nega participação dos representantes da categoria na elaboração do PCCR? Claro que n?o! ? direito de toda entidade sindical. há Justiça ao negar a indenização de transporte aos oficiais de Justiça quando o ?nus suportado por este, deveria ser suportado pelo Estado? Claro que n?o! Poder?amos, se assim quis?ssemos, elencar laudas inteiras da mais completa aus?ncia de Justiça.
J? esta mais do que na hora, do ocupante do cargo de Presidente do TJPB, não confundir no exercício do cargo , a função judicante com a função administrativa. E, nesta ?ltima, pautar-se pelos princ?pios da publicidade e principalmente da EFICI?NCIA no atendimento justo e r?pido as reivindicações salariais dos seus servidores.
Entendemos, que tratar dia de paralisação como caso de pol?cia, sinceramente não ? atitude para quem quer realmente resolver o problema.
E, em face de todas as atitudes tomadas pelo Presidente no dia da paralisação como: CORTE DO PONTO, CORTE DO CARRO DE SOM, USO DA POL?CIA CIVIL E DE CHOQUE PARA INTIMIDAR OS SERVIDORES e ap?s este dia com a declaração de que ? não vai mais mostrar o plano?s? nos leva a seguinte conclus?o: PARECE não HAVER NENHUM PLANO A SER APRESENTADO! Senão para que tanto estardalha?o, tanta repressão, tanto desrespeito, tanta arbitrariedade!

Os servidores não cometeram nenhum crime quando em pra?a p?blica reivindicaram o que lhes ? direito, CUMPRIMENTO DO ACORDO FIRMADO PELO PRÓPRIO TJPB. O certo, ? que na novela mexicana em que se transformou a aprovação do PCCV, na paralisação do dia 04/07 e em todos os momentos que o antecederam, todos cumpriram com os seus papeis, com as suas responsabilidades: os servidores em geral, e as Entidades atrav?s dos seus representantes. Na verdade, até agora, somente o TJPB não cumpriu com o seu!

Não podemos entender e, alem disso esperar indefinidamente e de bra?os cruzados, pois temos responsabilidade para com os anseios de toda uma categoria, que um Administrador Público, cercado de uma pl?iade de assessores t?cnicos que são considerados do mais alto gabarito intelectual, alguns deles, estão nos cargos da administração deste Poder não apenas nesta gestão mas tamb?m nas anteriores, tendo ao seu dispor todos os dados num?ricos necess?rios ? consecução de um PCCV decente até agora nada tenha de concreto. Qual a explicação ?

?Não mostro o orçamento?
?Não mostro o Plano?

O orçamento ? de quem?
O plano ? de quem? Para quem?
? nosso!
? da sociedade!

Parece haver um encadeamento de equ?vocos no pronunciamento do dia 05 de julho pela ASCOM TJ/PB.

Se Vossa Excel?ncia entendeu que o anseio, de toda uma categoria, que efetivamente faz esse poder, se resume a ?alguns servidores? Vossa Excel?ncia se equivocou ou, provavelmente nada entendeu.
A equipe t?cnica, de sempre, que hoje o assessora parece obliterar propositadamente uma visão mais aprofundada do tema e ao inv?s de ajudar dificulta a solução do impasse. não consegue equacionar dados simples: ?Alguns Servidores? ? igual a 90% do Estado.
Vai ver ? de tanto estudar. ?Estamos estudando?
S? falta aprender.
Desta forma Presidente, não chegamos a lugar algum. O que ? p?ssimo para os servidores, para a administração, e principalmente para a Sociedade! . até quando ela ter? que pagar pela inaptidão administrativa dos Administradores Públicos ?

DIRETORIA DO SOJEP.