Notícias

0

CNJ autoriza entrada de servidores na sessão do pleno do TJ-PB para discutir PCCRO Conselho Nacional de Justiça (CNJ) concedeu liminar favorável ao pedido do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba (SOJEP) e da Associação dos Técnicos e Analistas Judiciários (ASTAJ), de participar da sessão do pleno do TJ, na qual será discutida a aprovação do PCCR.  A votação acontece nesta segunda-feira, 24, dia em que os servidores farão vigília na Praça dos Três Poderes a partir das 8h a fim de pressionar a aprovação de um plano decente e que atenda as reivindicações da categoria.  O presidente do SOJEP, Benedito Fonseca, explica que “ao contrário do que está sendo propagado por outra liderança sindical, não há radicalismo e sim a luta pela justiça, uma vez que os vencimentos da categoria estão em defasagem há mais de dez anos”.  Se fosse, radicalismo, diz o presidente, o CNJ também estaria se comportando assim. “Ora o órgão máximo da justiça nos concedeu o direito de acompanhar a sessão, sempre buscamos o diálogo, mas sempre esbarramos nas promessas do TJ”, disse Fonseca.  O sindicalista lembra ainda que a bandeira que defende é a melhoria salarial e estrutural dos servidores do Judiciário e que jamais provocou baderna ou brigou por interesse pessoal, como foi dito, de forma precipitada.  No entanto, o presidente destacou que tais acusações infundadas não vão intimidar, tampouco, abalar o desejo de fazer justiça. “O TJ tenta aprovar um plano para legalizar irregularidades, se alguém duvida é só consultar a minuta apresentada pelo órgão”, desafiou.     

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *