Notícias

0

Líder retira PCCR do TJ da pauta para evitar mudanças

O líder do governo, deputado Ricardo barbosa (PSDB), retirou da pauta de votações desta quarta-feira, 30, da Assembléia Legislativa, o PCCS -Plano de Cargos Carreira e Remuneração – dos servidores do Tribunal de Justiça para evitar que a oposição aprovasse emenda do deputado governista, Dinaldo Walderney (PSDB), que restabelecia a nomeclatura de oficial de Justiça, retirada do projeto original enviado pelo TJ.

"Colocamos o projeto na ordem do dia porque havia quorum, mas no momento da votação, o quorum foi quebrado, de forma que ele seria aprovado contrariando o projeto original", disse Barbosa. 

Após a retirada do projeto da pauta de votações, houve protestos nas galerias por parte dos servidores do Tribunal de Justiça, desagradando a mesa diretora. O 1º secretário, Lindolfo Pires (DEM) chegou a pedir à Assessoria Militar para que retirasse um dos protestantes que teria insultado os deputados das galerias.

O presidente da sessão, deputado João Henrique (DEM) refez a decisão de Lindolfo, impedindo que a segurança da Assembléia intervisse nas galerias. "Eu tomo as decisões e saberei ponderar. Peço que aqueles que estão nas galerias se retirem ou se comportem durante a sessão", disse João Henrique.

O deputado Ricardo Barbosa declarou que o projeto será incluído na pauta de votações na próxima quarta-feira. "Muitos parlamentares estão viajando, não puderam comparecer hoje em plenário, mas na próxima semana, votaremos a matéria", disse Ricardo.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *