Notícias

0

DIA DO OFICIAL DE JUSTIÇA - 5 DE SETEMBRO

Dia do Oficial de Justiça

O oficial de justiça é um funcionário imprescindível ao Poder Judiciário. Sem o tripé juiz, advogado, oficial de justiça e sem os servidores do Judiciário não existe direito aplicado e justiça realizada. Em qualquer ponto deste país, brasileiros anseiam por justiça, que para ser executada, utiliza-se da atuação firme e eficaz da "longa manus" dos juízes, os srs. oficiais de justiça.

Temidos por uns amados por outros, lá vai o oficial de justiça, no cumprimento árduo de seus mistéres, nas travessias de barco, canoa, a pé, a cavalo, de ônibus, de metrô, de carona, no seu próprio carro, que em geral coloca à disposição do Estado/Justiça, fazendo cumprir a ordem judicial, nos mais distantes rincões do país. Lá está ele, o braço estendido do Estado, da Lei, e da Ordem, o pulso forte do juiz, muitas vezes incompreendido, por ser o agente cumpridor da lei. À frente da Justiça, lá está o oficial de justiça, verdadeiro especialista em problemas sociais, tendo, não raras vezes, que agredir sua própria consciência para bem cumprir suas funções.

Para melhor cumprir seus mistéres, quando tem a oportunidade, lá está ele frequentando um curso universitário e, geralmente, faculdade de direito. Sua esperança será prestar um concurso público. Muitos chegam lá. Todavia, a maioria permanece na função, fiel ao Poder Judiciário, porque acredita na Justiça, e porque tem consciência de que é parte intríseca da mesma.

Em prejuízo de sua vida particular e familiar, lá está ele dando fiel cumprimento aos mandados judiciais.

Dia virá em que todos os trabalhadores do judiciário, num processo de interação, terão suas organizações de classe fortes e representativas, congraçando todos os oficiais de justiça das esferas federal, trabalhista, eleitoral e estadual, na luta por melhores condições de trabalho, a fim de que possam bem desempenhar suas funções.

Pautando nestas considerações é que, abrindo espaço para a participação de todos, indistintamente, a direção da Aojesp (Associação dos Oficiais e Justiça do Estado de São Paulo), e suas respectivas sub-sedes regionais e seccionais, através de suas diretorias, têm procurado erradicar o tradicional paternalismo em face das suas respectivas entidades de classe, fazendo ver que somente com a união de todos os oficiais de justiça, conjuntamente, teremos condições de resolver grande parte das dificuldades e dos problemas comuns da categoria.

O individualismo, o imediatismo, o servilismo e o temor reverencial estão sendo extirpados do nosso vocabulário e das nossas mentes, substituindo-se-os pelo respeito recíproco, pela altivez, dignidade, e pela firmeza nas ações como orgão auxiliar da justiça, próxima, possível, da Justiça Divina. Hoje, dia 5 de setembro, é Dia do Oficial de Justiça.

Fonte: Domingos Vicente Malhone, assessor especial da Aojesp/sub-sede regional de São José dos Campos e representante do Vale do Paraíba, Litoral Norte e Serra da Mantiqueira junto à Cenjesp (Central Única dos Servidores do Judiciário do Estado de São Paulo) 

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *