Notícias

0

TJ-PB rejeita proposta menor e cobra taxa 100% mais cara no concurso

Por motivos até então desconhecidos, o Tribunal de Justiça da Paraíba cobrou, dos 19 mil candidatos inscritos, valores até 100% mais caros para o concurso público, que será realizado no próximo domingo, 28.  

A informação é fruto da denúncia do Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba (SOJEP), que, de posse de documentos oficiais, revelou à Paraíba que o TJ-PB rejeitou a proposta da Fundação de Apoio à Pesquisa e Extensão de São José do Rio Preto (Faperp), acatando o pedido da Fundação Parque Tecnológico da Paraíba, PAQTC-PB, localizada em Campina Grande.  

A diferença nos valores apresentados pelas duas entidades é a seguinte: nível superior – a Faperp cobraria R$ 48 e PAQTC-PB, R$80; nível médio (auxiliar e técnico judiciário), Faperp apresentou o valor único de R$28, enquanto a PAQTC, R$60 e R$50.  

Como se não bastasse a diferença nos valores, o TJ-PB ainda resiste em apresentar a proposta apresentada pela PAQTC-PB, para que a sociedade paraibana tome conhecimento do fato.  “O candidato foi o maior prejudicado com o fato, é preciso esclarecer a razão do indeferimento da proposta com valores menores”, destacou a presidente do SOJEP, Deborah Timóteo. 

Após ter negado o primeiro pedido de esclarecimento, o SOJEP protocolou no último dia 2, um pedido de reconsideração, o qual não foi respondido até o momento.  

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *