Notícias

0

A LUTA CONTINUA: AGE DO DIA 06 DE AGOSTO RATIFICA MOVIMENTO GREVISTA DOS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO TJPB

É com muita satisfação que o Sindicato dos Oficiais de Justiça do Estado da Paraíba (SOJEP) informa a todos os filiados, simpatizantes e a sociedade paraibana que o movimento grevista fora ratificado pelos presentes à 4ª Assembleia-Geral Extraordinária realizada no dia 06 de agosto do ano corrente.

 

Após informes repassados aos valorosos membros representados pelo SOJEP atinentes aos processos administrativos e judiciais pela diretoria desta entidade classista, ocorreram simultâneos e coerentes depoimentos dos delegados e filiados pertencentes às comarcas judiciárias de total corroboração à greve dos oficiais de Justiça.

 

No ensejo, a razão e a emoção dividiram o cenário repleto de maturidade sindical e engajamento às propostas firmadas na 3ª Assembleia-Geral Extraordinária que delinearam os parâmetros reivindicativos do movimento grevista dos bravos oficiais de justiça do TJPB, em especial à retomada da equiparação salarial dos atuais ocupantes do cargo com o advento do nível superior intrincado ao cumprimento da Resolução 48/07 na reforma da LOJE, promovida pelo Pleno deste órgão judiciário.

 

Demonstrações de equilíbrio e seriedade foram afloradas mediante sacrifício pessoal dos estimados membros do oficialato em face de medidas visivelmente truculentas e, graças a Deus, oportunamente superáveis administrativa e judicialmente tomadas pelo órgão patronal diante de uma greve legal e justa plenamente mantida por estes servidores.

 

Está de parabéns a maioria maciça dos oficiais de justiça presente à Assembleia–Geral Extraordinária ocorrida no dia 06 de agosto, marcante pelo testemunho sincero, corajoso dos ilustres companheiros do SOJEP, arraigados no bom direito e, consequentemente, na busca da justiça pela equiparação salarial vestibularmente já mencionada.

 

A greve desta notável categoria continua, portanto, firme e forte, com o propósito de superar as agruras administrativas e judiciais provocadas pelo TJPB em virtude das justas reivindicações aquilatadas pelo movimento grevista dos oficiais de justiça.

 

À Diretoria.

 

 

 

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *