Notícias

0

 

Em visita à sede da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado da Paraíba, no dia 29 de abril, representantes do Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJEP) tomaram conhecimento que o expediente protocolado ao chefe deste órgão ministerial, Procurador Oswaldo Trigueiro, no dia 23 de fevereiro de 2011, que apresenta farta documentação sobre o aumento de cargos comissionados do Tribunal de Justiça na lei nº 9.316/10, aprovada em período vedado, ou seja, nos últimos 180 dias da gestão do Desembargador Luiz Sílvio Ramalho Júnior, sequer fora revestido de formalidade administrativa, como decorreu no Ministério Púbico Federal, onde se materializou, sobre o mesmo assunto, as peças de informação nº 1.24.000.000391/2011-36.

Entretanto, em contato com a secretaria do Procurador-Geral de Justiça, ficou acertado o pleito proposto pelo SOJEP de agendamento de uma audiência com a aludida autoridade, na próxima semana, oportunidade em que esta entidade classista obterá resposta formal sobre a instalação de medida administrativa ou judicial deste órgão ministerial sobre o discorrido.

A Diretoria.