Notícias

0

 

O Dia dos Oficiais de Justiça não passou imperceptível (05 de setembro, Lei Estadual nº 7.703, de 23/12/04). O silêncio nesta data de extrema importância foi providencial para uma intensa reflexão de cada membro do oficialato, cujo papel é deveras essencial para o funcionamento da engrenagem judiciária.

Sem ruídos ou referências midiáticas, ouviu a sua própria voz, reconhecendo que ainda falta apuro institucional do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB) para o seu merecido reconhecimento profissional, fato que não o impede de ser um servidor valoroso para a Sociedade, embora receba baixas remunerações e atue com precárias condições laborais.

Faça chuva ou sol, seja manhã, tarde ou noite, lá está oficial de justiça no cumprimento do seu mister, nas entranhas das favelas, das vielas, dos bairros nobres; nas vastidões dos sítios e das fazendas, em meio ao perigo iminente que cerca a sua atividade funcional.

E como Deus é generoso, permitindo o seu retorno seguro para a sua família, que nos leva a crer que todos os dias (de sobrevivência) são dos oficiais de justiça.

Exímio conciliador, reverte, com habilidade, a incompreensão da clientela a despeito do estabelecimento da relação processual para dirimir conflitos individuais e coletivos, executando mandados judiciais e atos de constrição legal.

Cada pessoa um mundo a ser desvendado, podendo levar alguns minutos ou horas a fio convencê-la ou não a aderir a uma realidade que lhe é imposta, tarefa que inspira necessária cautela.

Com alegria e satisfação, comemore cada dia de sua nobre existência, pois a sua vitória é a chegada em paz e em segurança no seu lar. Parabéns pela coragem e pela sabedoria dispostas em passos firmes a caminho de um mundo melhor.

Permaneçam sempre todos unidos na luta contra as injustiças!

Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba (SOJEP)

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *