Notícias

0

Senhores, esta notícia é chocante, mas temos que divulgá-la da forma como se encontra.

É a verdade nua e crua do dia-a-dia dos Oficiais de Justiça do Brasil. No cumprimento dos atos processuais vamos acumulando inimigos ocultos, que mais cedo ou mais tarde cobram um preço alto do longa manus da justiça.

Precisamos de mais proteção e uma resposta rápida das autoridades competentes, para crimes dessa natureza.

Leiam a reportagem:

É com profundo pesar que informamos, mais uma vez, o assassinato de um Oficial de Justiça no nosso país, e as autoridades nada fazem para proteger estes servidores públicos, pelo contrário não permitem nem sequer que possam se defender e desta vez foi o nosso colega Oficial de Justiça Baltazar Rossato, 57 anos que foi assassinado no KM 70 da BR 319, sentido Humaitá AM, quando saiu de Porto Velho RO, sentido a um sitio que tinha no KM 100.

De acordo com informações a vitima foi vista por volta de 06h30min, conversando com dois homens na cabeceira da ponte do rio castanhalzinho e logo após ouviram alguns disparos de arma de fogo. Quando foram averiguar avistaram o corpo caído dentro de seu carro e cheio de sangue, quase para fora do veículo, o qual se encontrava com a porta do passageiro aberta. A PM junto com os policias da delegacia de homicídio foram acionados e constataram que ele foi morto com dois tiros a queima roupa. A pericia e o IML foram chamados para realizarem os trabalhos de praxe. Foi descartado o crime de latrocínio, já que nada levaram, além da chave do carro, a qual não foi encontrada.

[tube]http://www.youtube.com/watch?v=Xbrv1oFaUE8[/tube]