Notícias

0

A violência contra oficiais de justiça não é apenas um agravante da realidade brasileira, ela é também motivo de preocupação em outros países. Desta vez o atentado aconteceu na cidade de Karlsruhe, na Alemanha.  Inconformado com a ordem de despejo um homem de 49 anos se revoltou e matou quatro pessoas, inclusive o Oficial de Justiça que cumpria o mandado judicial.

O fato aconteceu quarta-feira (06 de julho), quando o oficial de justiça que iria executar o despejo se dirigiu até o local acompanhado de um chaveiro, do novo proprietário do imóvel, da antiga dona que também era namorada do assassino e de um funcionário público que seria testemunha do cumprimento do mandado.

Segundo o relato do policial, o acusado recebeu a todos na sala da casa e se dirigiu até o quarto, retornando com uma pistola. O primeiro a ser atingido por dois tiros na perna foi o oficial que se recusou sentar no sofá. O assassino não satisfeito obrigou o chaveiro a amarrar o oficial ferido e o atual proprietário da residência, em seguida liberou o funcionário público para ele relatar a polícia a sua intenção de matar a todos. E assim cumpriu a sua promessa, assassinou os quatro reféns e se suicidou .

A insegurança, atual companheira dos oficiais de justiça se faz presente aqui e  atravessa fronteiras. Independente de serem no Brasil ou na Alemanha, as agressões e atentados são fatos preocupantes.. Partindo para a realidade do nosso país, estes episódios estão cada vez mais corriqueiros. A inércia das autoridades competentes que podem fazer algo para mudar esta situação também oferecem riscos a estes profissionais que exercem o seu ofício com seriedade e profissionalismo. Os Oficiais de Justiça se tornam vítimas e reféns de seus algozes e da falta de providências enérgicas e imediatas a serem tomadas.

Míria Maria

Assessora de Imprensa

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *