Notícias

2

Regada de muita diversão, música e descontração, o SINDOJUS-PB realizou sua festa de confraternização em grande estilo no dia 14 (sexta-feira) na Associação  Pessoal da Caixa Econômica Federal, situada no Altiplano. O encontro, para celebrar a festa natalina e mais um ano de esforços voltados para melhoria da categoria, reuniu Oficiais de Justiça e seus familiares. A programação teve  início às 8:00 hs com um torneio de futebol de salão entre os Oficiais.

Aos poucos o espaço se transformou numa área de lazer e recreação para as crianças que se fizeram presentes  e que tiveram total atenção por parte do Sindicato que se preocupou em oferecer uma diversão munida de banho de piscina assistido por salva vidas, além de  pipocas, algodão doce, picolés e pula-pula.

A confraternização direcionada para as Comarcas de João Pessoa e da região metropolitana foi aberta oficialmente por representantes da ATOS Soluções Corporativas, parceiro do SINDOJUS-PB,  que  prestará serviços no Congresso Estadual de Oficiais de Justiça agendado para março de 2013.

A ocasião do encontro serviu também para unificar e estreitar laços de membros da categoria que comungam dos mesmos interesses. São momentos oportunos que servem para solidificar e fortalecer o apoio necessário para seguir em frente na busca dos direitos que valorizem o servidor. Apesar de faltar poucos dias para o término do ano, o Sindicato ainda tem muito para fazer e se apresentar de forma atuante sem mostrar sinal de cansaço. Muito se buscou no decorrer desses meses para que a categoria dos Oficiais de Justiça tivesse o reconhecimento dos órgãos competentes de sua seriedade e da precariedade em algumas situações que envolvem o exercício da função.

O ano de 2012 chega ao fim com saldos animadores e também com algumas situações que precisarão de mais tempo para trabalhar. Segundo o Diretor Presidente do Sindojus-PB, Antônio Carlos “Em 2012 a atuação do sindicato foi bem positiva, o ano não terminou e estamos  ainda está com negociação com o Tribunal de Justiça pra  efetivar alguns  projetos de interesse da categoria  que vão melhorar muito a prestação de serviço”.

Antônio Carlos lamentou o fato da diretoria do sindicato não está muito presente nas comarcas como havia planejado desde o início de 2012, mas justifica que a ausência foi decorrente da busca de assistência para todos. “Por motivos alheios à nossa vontade, nós tivemos problemas. Houve também a necessidade da diretoria de manter um contato constante com o Tribunal de Justiça da Paraíba para viabilizar esse apoio que a gente tem  e  que oferece  a categoria  formação e unificação dos procedimentos”, explica.

Em meio a toda descontração, os participantes aproveitaram o almoço a base do som contagiante do Oficial de Justiça Geovam que presenteou a todos com o seu talento e deu um show de qualidade com repertório próprio e de grandes nomes da música popular brasileira.

O clima de alegria prosseguiu em todo o decorrer do dia. Os Oficiais que participaram do torneio de futebol foram contemplados com troféus e medalhas. Alguns brindes foram disputados através de perguntas e respostas.

O sindicato através de seus gestores buscou a atuação, necessidade indispensável para se atingir objetivos. O Oficial de Justiça Manoel Cathuyte compreende a importância do sindicato na sua desenvoltura para fortalecer ações. “O papel do sindicato para os Oficiais de Justiça é tirar a autoridade do TJ numa classe que estava desunida. A partir do momento que o sindicato une essa classe, a deixa mais forte, mais aguerrida, lógico que não vamos ter só dever a cumprir, vamos ter favores e favorecimentos que não tínhamos antes. Hoje nós temos favorecimentos, antigamente  era só cumprir. Era só deveres e obrigações e hoje nós temos direitos”.

As propostas e projetos do sindicato trilham pelos dias que finalizarão o ano de 2012 e ganharão mais ritmo em 2013. O Diretor de Imprensa Clévenis Maranhão faz um balanço da atuação do sindicato. “O ano de 2012 foi também um momento de adaptação, foi a primeira vez desde a sua fundação que no sindicato há uma diretoria com todos os cargos ocupados. Foi um passo a mais no sentido de uma profissionalização da atividade. Apesar de alguns problemas enfrentados o saldo foi bastante positivo para o sindicato. “Eu acho que a nossa principal conquista foi com relação a resolução da CEMAN  que está esperando a aprovação. Temos a palavra do presidente do TJ de que vai ser aprovado e  isto é um marco. Vai ser um divisor de águas no formato do trabalho dos Oficiais de Justiça no TJPB”, conclui.

Interesses em comum viabilizam possibilidades de novas e grandes conquistas e pensando desta forma a diretoria do sindicato traça e enfatiza planos para um ano que promete ser ativo na ação de melhorias para a categoria. Um ano combatente como diz Antônio Carlos e um ano de “brigas” por seus direitos, como diz Clévenis. O Sindojus-PB estará acrescido  de propostas para condicionar melhor o Oficial de Justiça no executar da função.

O Sindojus-PB se apresenta a todos os filiados com uma gestão preocupada em fornecer subsídios para que a categoria tenha do que se orgulhar e comemorar. É evidente que as conquistas são obtidas passo a passo e com muita luta. As dificuldades existem para fortalecer a integração dos conceitos que transformam pequenas parcerias em grandes aliados. Assim é a proposta da diretoria do sindicato que representa de forma significativa e atuante uma classe que merece respeito, apoio e muito, mas muito mesmo valorização da categoria.

Míria Maria

Comentários ( 2 )

  • luis rocha flho says:

    enquanto na comarca de campina grande realizou-se as expensas de todos os associados, uma “cachaça” entre uma “meia duzia” de tres ou quatro filiados, demostrando uma falçta de respeito da entidade para com os filiados de campina grande e regiao. simplesmente revoltante.

    • Clévenis Maranhão Sarmento says:

      Caro Luis Rocha Filho,
      Como já devidamente explicado no Grupo do SINDOJUS-PB no Facebook, as confraternizações foram organizadas em cada Comarca por oficiais das próprias Comarcas. Os colegas organizadores da confraternização de Campina Grande também já igualmente informaram que divulgaram para todos os OJ da Comarca, local e data do evento, disponibilizando convites para todos em suas respectivas pastas na CEMAN. Por eventuais desencontros ou desentendimentos, apresentamos nossas desculpas, solicitando encarecidamente do nobre colega que, se estiver ao seu alcance, além da crítica revoltada, externe também alguma crítica construtiva com sugestões proativas, visando a melhoria da organização para o evento de 2013.
      Desde já obrigado.
      Clévenis Maranhão Sarmento
      Diretor de Mobilização e Imprensa.

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *