Notícias

1

O Dia do Oficial de Justiça, comemorado em 5 de setembro, coincidiu com a abertura do I ENOJUS e coube à vice-presidente do SINDOJUS-PA, Asmaa AbduAllah, prestar homenagem à categoria, verbalizando, com firmeza e conhecimento de causa, sentimentos comuns aos presentes, oriundos de todo o País, que ao final, a ovacionaram.

Asmaa cobrou dos Tribunais investimentos na atualização e especialização dos Oficiais, pois de nada adianta o Judiciário fazê-lo apenas nos magistrados, se ao fim, quem faz a justiça “andar” é  o Oficial. “Somos a longa manus da justiça porque chegamos onde ela precisa alcançar, mas somos também as mãos do juiz, porque materializamos suas decisões e também seus olhos, porque ele vê aquilo que certificamos”, lembrou.

Ela finalizou, vaticinando o evento como o primeiro de uma série, voltada à integração da categoria, com troca de experiências e melhor enfrentamento dos problemas que afligem a todos.

Comentários ( 1 )

  • Candido Nóbrega
    Valdolirio Soares says:

    O Oficial de Justiça do futuro ou o futuro do Oficial de Justiça?
    Talento: criatividade, liderança, entusiasmo e capacidade de aprendizagem é o que se espera desta “longa mão” da Justiça, neste tempo chamado hoje! É claro que se espera um profissional cada vez mais qualificado, ocupando espaços e diversificando suas atividades, e para isto a capacitação contínua é o caminho.

The comments are now closed.