Notícias

2

Os filiados que porventura tenham dúvidas acerca dos procedimentos a serem adotados a partir desta sexta-feira, diante do não cumprimento da Resolução do CNJ poderão dirimi-las por telefone ou pessoalmente com o diretor jurídico Francisco Noberto na sede da entidade.

“Elaboramos um verdadeiro manual de orientação e esclarecimentos das questões mais comuns, onde através de uma linguagem didática e de fácil compreensão, buscamos eliminar dúvidas comuns nesse contexto, facilitando ao máximo o trabalho dos colegas”, afirmou Noberto.

Nesse sentido, confira a cartilha em formato PDF no link abaixo:
http://goo.gl/fkiBlC

 

Comentários ( 2 )

  • Candido Nóbrega
    Gildásio Pinheiro says:

    Está mais claro do que a Luz do Sol ……
    Avante nesta luta justa……Estamos agindo de forma coerente e amparado legalmente.

    A nossa luta se fortalece com a participação de todos…. É preciso devolvermos os mandados conforme critérios expostos acima e buscarmos nossa valorização e acima de tudo respeito.

    Não estamos nos esquivando do nosso dever …. Queremos trabalhar ….. Queremos que o TJ/PB nos ofereças as condições necessárias para desenvolvermos nosso trabalho sem o comprometimento do nosso salário.

    Coragem amigos ….. Não existe vitórias sem luta.

    Venceremos a incoerência do TJ/PB , com ações pacificas e legal ….. O TJ/PB não pode caminhar na contramão da legalidade…..

    Coragem e avante sempre,

    Grande abraço em todos

  • Candido Nóbrega
    Marcos n .Oliveira says:

    acho que no relatório de devolução de mandados NÃO cumpridos por falta de pagamento de diligencias, os valores ali não correspondem pois diligencias no Valentina, Bessa, Cabedelo, Santa Rita, tem outros valores? acredito que neste relatorio não deveria constar o valor correspondente da diligencia, vez que cada local tme um valor diferenciado e se o mandado não foi cumprido porque informar o valor base?

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *