Notícias

1

O recurso administrativo interposto pelo Sindojus contra a decisão do conselheiro Fabiano Silveira, que indeferiu liminarmente pedido de providências quanto ao cumprimento da Resolução n. 153 pelo TJPB será julgado na próxima terça-feira pelo plenário do CNJ.

Segundo o presidente do Sindojus, Antônio Carlos Santiago, o recurso foi fundamentado na incompetência regimental do conselheiro-relator para determinar corte em pagamento de remuneração, bem com ao “julgamento” quanto a legalidade ou não do cumprimento do número de mandados oriundos da justiça gratuita equivalente ao valor pago a título de indenização.

“O autor da decisão monocrática não poderia ter se insurgido sobre um possível movimento de greve, posto que inexistente e muito menos determinado qualquer sanção ou punição pela suposta ocorrência. É o isso o que demonstraremos”, afirmou.

Comentários ( 1 )

The comments are now closed.