Notícias

0

O Sindojus vem de público repudiar as falsas afirmações e denunciações caluniosas que vêm sendo assacadas contra a atual diretoria, nitidamente instrumentalizadas por interesses escusos e coincidentemente reiteradas, diante da proximidade das eleições a serem realizadas por essa entidade no próximo mês de novembro.

Tal comportamento evidencia a absoluta falta de propostas desses pretensos candidatos, a serem apresentadas à categoria no momento oportuno para escolha de seus representantes, através do exercício democrático do voto direto.

Tudo isso, porém, não elidirá a adoção por parte do Sindojus, das devidas providências  legais, no sentido de que responsabilidades sejam apuradas.

Ressaltamos, por oportuno, que as tentativas de disseminação da discórdia dentro da categoria enfraquece-nos diante das nossas pautas de luta em face do Tribunal de Justiça, que tem tripudiado dos nossos reclamos e se regozijado com uma possível desagregação.

Induvidosamente, a atuação veemente e corajosa do Sindojus tem incomodado os dirigentes do TJPB que, provavelmente, prefeririam que este sindicato se postasse de forma passiva e subserviente, o que talvez venha a ocorrer com eventuais outros diretores, mas não com os atuais.

Nesse contexto, nossa impavidez tem sido aplaudida por outros sindicatos, sobretudo pela determinação precursora de combater irregularidades, na defesa intransigente de direitos já existentes e busca de novas conquistas.

Por fim, relembramos que todos os contratos, atas de assembleia ou quaisquer outros documentos do Sindojus permanecem disponíveis para todos os filiados, dentro da transparência que caracteriza a atual gestão. Nesse momento de embate, na busca de melhorias para a categoria, continuamos receptivos às críticas, sugestões e adesões de novos colegas corajosos que queiram contribuir conosco.

                               Sindojus

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *