Notícias

0

O Sindojus e a Astaj requereram em caráter de urgência ao desembargador presidente do TJ-PB, Marcos Cavalcanti de Albuquerque, o sobrestamento de qualquer tramitação administrativa no âmbito do Pleno, da matéria relativa ao serviço voluntário.

O objetivo é democratizar o debate, através da devida participação das duas entidades.

“Malgrado constar como pauta da Comissão de Priorização do 1° Grau, cuja composição contém servidores, o serviço voluntário ainda não fora debatido pelo referido grupo, sendo uma construção unilateral do desembargador coordenador Oswaldo Trigueiro do Valle Filho’, destacaram os presidentes Benedito Fonsêca e Ivonaldo Batista.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *