Notícias

0

O SINDOJUS de Pernambuco promoveu, entre os dias 19 e 21 deste mês, o III Encontro Nacional de Oficiais de Justiça, o evento foi um sucesso e contou com participação de Oficiais de Justiça de todas as regiões de Pernambuco e de diversos Estados. Estiveram presente representações dos Estados de Alagoas, Amazonas, Distrito Federal, Goiás, Paraíba, Pará, Rio Grande do Norte e Maranhão. Participaram ainda Oficiais de Justiça Federais de Pernambuco e São Paulo.

Tema Relacionado ao Novo CPC foi o foco do evento, mas, também houve palestra dada pela vice-presidente do SINDOJUSPA, Asmaa Abduala, que falou sobre a Avaliação e o Oficial de Justiça como Avaliador, tendo ainda sido dado espaço para uma breve exposição sobre o atual contexto legislativo junto ao Congresso Nacional pelo Diretor do SINDOJUSPB, Joselito Bandeira Vicente. Ao final do evento houve uma mesa redonda para exposição das experiências vividas por cada SINDOJUS e ASSOJAF o que culminou com a elaboração de um documento intitulado “Carta do Recife” que servirá como roteiro de ação dos SINDOJUS para o próximo ano. Temas como o fortalecimento da categoria; medidas de segurança; atuação junto aos Tribunais e ao CNJ para elaboração de medidas de proteção e valorização dos Oficiais de Justiça; criação de dispositivo denominado “Botão do Pânico” foram temas registrados na Carta do Recife.

A vice-presidente do SINDOJUS-PA, Asmaa Abduala, falou sobre um convênio que está sendo firmado com uma faculdade do Estado do Pará, para realização de dois cursos de especialização, na modalidade EAD, sendo um em Avaliação e o outro de Especialista em Cumprimento de Mandados Judiciais. De imediato o Representante da diretoria do SINDOJUSPB manifestou interesse em firmar o mesmo convênio com a Instituição de Ensino Superior responsável pelos cursos e buscará trazer esta oportunidade também para os Oficiais de Justiça da Paraíba.

É de ser destacada a participação de quatro Oficiais de Justiça do Estado do Maranhão, estado que não tem ainda o seu SINDOJUS, mas, que foram lá para ver de perto a experiência dos estados que já tem seu sindicato específico, com o intuito de fundarem o SINDOJUS-MA. Para Rivelino Alves, Diretor Jurídico do SINDJUS-MA, sindicato geral do Maranhão, “O ENOJUS foi muito proveitoso, tive a oportunidade de conhecer demandas de interesse comum dos Oficiais de Justiça no âmbito nacional e ainda ter uma noção mais ampla da situação da categoria nos seus estados através dos SINDOJUS”. Para Carolina Coelho, também Oficial de Justiça no estado do Maranhão, “O Maranhão esteve pela primeira vez no ENOJUS e saímos de lá com a sensação de dever cumprido e com as esperanças renovadas quanto ao destino do oficialato brasileiro. Foi notável a interação entre os membros dos SINDOJUS ali presente, bem como um corporativismo nascente e que tem ganhado forças, isso é necessário no atual cenário político, econômico e institucional. O ENOJUS serviu para fortalecer a união da nossa categoria. Contem conosco!” concluiu Carolina Coelho.

O ENOJUS foi uma iniciativa do SINDOJUSPB, que realizou o primeiro no ano de 2013, a segunda edição aconteceu em 2014, no estado do Tocantins, para 2015, o estado que se comprometeu em realizar, foi São Paulo, que não o fez, então em 2016, Pernambuco promoveu a terceira Edição do evento que já entrou para o calendário do Oficialato nacional como um evento de relevo para a categoria. Em Recife, ficou escolhido o estado do Pará, para promover o IV ENOJUS, em 2017, que acontecerá na capital, Belém, no mês de setembro do próximo ano. Pelo que já se conhece do SINDOJUSPA, não resta dúvidas que será um evento grandioso.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *