Notícias

0

O Sindicato dos Oficiais de Justiça considerando a urgência de se pronunciar sobre o movimento de paralisação do dia 30 de junho de 2017; e pelo entendimento pacifico de que há uma necessidade de uma assembleia geral, porém, não havendo mais data possível, resolveu RECOMENDAR a participação de todos os oficiais de justiça para participar do movimento do dia 30 de junho próximo.

Assim, no momento presente é extrema importância que nossa cantada e decantada revolta pessoal seja expressa em forma de atitude. Não somos uma ilha. E o ataque que se faz no Brasil aos direitos dos trabalhadores, levando-se em conta, que partem de um governo que não se sustenta pelo enxame de acusações criminais. Fato este, que deve nos envergonhar senão enquanto categoria, mas de forma pessoal, é lastimável, é assombroso, são execráveis os fatos presentes.

Portanto, o Sindicato dos Oficiais de Justiça se dirige a todos os Oficiais de Justiça que o momento é de darmos uma reposta consciente e plausível que não aceitamos estas medidas que retiram direitos dos trabalhadores, bem como não concordamos que este estado de coisas que envolvem o poder central do país, a corrupção que sangra os cofres públicos e depois querem cobrar dos trabalhadores. Nessa linha, o instrumento de luta dos trabalhadores que cabe para o momento é via da Greve geral e a Greve Específica.

Desse modo, como o instituto da greve geral ele é amplo, aliado a uma série de regramentos que somente uma assembleia geral poderia nortear o seu encaminhamento. Assim, em comunhão que não podemos nos abster de um momento tão crítico e que também devemos nos mobilizamos, convocamos a categoria dos Oficiais de Justiça a nos mobilizarmos e participamos das atividades marcadas para o dia 30 de junho de 2017.

Nesse sentido, aproveitamos a oportunidade para CONVOCAR TODOS OS OFICIAIS DE JUSTIÇA DO ESTADO a participarem de toda MOVIMENTAÇÃO do dia 30.06.2017, se reunindo aos demais movimentos em suas cidades. O momento é fazer parte da LUTA! UMA LUTA SUA, UMA LUTA DE TODOS!

DIRETORIA EXECUTIVA DO SINDOJUS