Notícias

0

TJPB 2O Sindojus-PB vem desenvolvendo com outras entidades (Astaj e Asstej) uma atividade de ocupação do Pleno do TJ-PB às quartas-feiras, numa demonstração da categoria de insatisfação com a não resolução do problema da data-base.

Como forma de reconhecer por via judicial foram protocolizados diversos pedidos de ações judiciais, cujas demandas ainda não apresentaram êxito.

Ainda como forma de buscar o direito da data-base, o Sindojus intensificou as ações com a contratação de um técnico do Diese para uma análise dos dados do TJ. “Ademais, nossa assessoria econômica tem analisado e construído cenários e possibilidades, o que é permanente na vigilância do orçamento”, afirmou o presidente do Sindojus-pB, Benedito Fonsêca.

Ele lembrou que quando da divulgação do Relatório de Gestão Fiscal no último dia 28 de setembro, imediatamente, foi solicitada uma audiência para a reabertura da discussão do referido tema.

“Neste sentido, tivemos o pleito atendido e foi aprazada para o próximo dia 16 de outubro às 15h, a reunião com o desembargador-presidente do TJ-PB, Joás de Britto Filho. Portanto, o Sindojus irá comparecer a reunião, tentado construir uma saída para o impasse que contemple a data base de 2018, já em mora deste janeiro de 2018”, concluiu.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *