Notícias

0

Benedito FonsêcaDurante o lançamento do Observatório Interinstitucional de Violências por Intolerância, o presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça da Paraíba, Benedito Fonsêca se pronunciou quanto ao apoio da entidade à iniciativa da criação da Central que vai receber as denúncias de violência na Paraíba, e se colocou à disposição para auxiliar no acompanhamento dos trabalhos. “É salutar que o Sindojus-PB esteja envolvido com os movimentos que prezam pela liberdade. A vida é um bem precioso e a intolerância se mostra contra ela”, afirmou.

O objetivo do Observatório é receber e acompanhar as denúncias de violências motivadas por preconceito e atos de intolerância. Na ocasião, o presidente Benedito Fonsêca disse ainda que a vida deve ser preservada e respeitada por todos e que a intolerância deve ser compreendida como barbárie.

“A vida deve ser vivida harmonicamente, sem distinção de classe, cor, raça ou credo. O pensamento fundamental para que possamos viver em harmonia é que devemos respeitar a vida dos outro para que a nossa seja respeitada”, defendeu.

Parcerias

A criação do Observatório é fruto de parceria entre a Defensoria Pública do Estado da Paraíba (DPPB), Defensoria Pública da União (DPU), Ministério Público Federal (MPF), Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Paraíba (OAB-PB), Secretaria de Estado da Mulher e da Diversidade Humana e a civil.

Como denunciar

O Observatório funciona através do site da Defensoria Pública do Estado da Paraíba (www.defensoria.pb.def.br) e as denúncias devem ser feitas através de formulário disponível no próprio site. O sigilo das informações será garantido e o sistema permitirá ainda que as vítimas indiquem os agressores e informe sobre a existência de provas.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *