Notícias

0

A reversão de parte do produto arrecadado com o leilão de bens inservíveis que o Tribunal de Justiça da Paraíba promoverá no próximo dia 18 para estruturação nos Fóruns de pregões eletrônicos foi formalmente requerida pelo Sindojus-PB ao desembargador-presidente Márcio Murilo da Cunha Ramos.

A entidade fundamentou o pedido na viabilidade do cumprimento da Resolução 36/2013 e principalmente na agilidade dos serviços dos cartórios, com consequente avanço na prestação jurisdicional.

Comentários ( 0 )

    Leave A Comment

    Your email address will not be published. Required fields are marked *