maio 21, 2021

0

O Sindojus-PB manifesta repúdio à decisão do TJPB, de a partir deste mês, fixar em 5% dos subsídios dos magistrados o valor da verba indenizatória destinada ao ressarcimento de suas despesas médicas e dos seus dependentes.

Tal sentimento, que se deve a mais uma discriminação cometida contra a categoria dos OJ’s, excluída de justa atualização do valor que lhe é paga a título de saúde e congelado há alguns anos, é agravado pelo fato de tratativas virem sendo feitas entre essa entidade e o Tribunal, que alegou impossibilidade orçamentária para tal e ficou de realizar estudos para efetivação apenas no próximo ano.