Notícias

0

Eficaz, produtivo e que impulsiona o desenvolvimento dos processos. Assim, o desembargador-presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, Nilson Castelo Branco, definiu o Grupo de Operações Especiais para o presidente do Sindojus-PB, Joselito Bandeira, durante solenidade na Central de Mandados de Salvador, de entrega do Selo Diamante para as unidades judiciárias que se destacaram em 2023.

“O momento foi dos mais oportunos para me inteirar sobre o GOE, que considero fundamental no sentido de dar segurança dos Oficiais de Justiça, sobretudo a colegas que realizam diligências de busca e apreensão de veículos e de menores, reintegração e imissão de posse, suscetíveis a retaliações acompanhados da polícia e que nos dias seguintes retornam aos mesmos locais sozinhos”, afirmou Joselito, que atendeu convite do presidente do Sindojus-BA, Itailson Farias e que defende junto ao TJ-PB, já há algum tempo, a criação desse Grupo.

Nesse contexto, o Sindojus-PB apresentou meses atrás ao Ten. Cel. PM Wherick, (comandante do Grupamento Especializado de Operações em Áreas de Caatinga), Projeto para cursos de capacitação de OJ’s do TJPB em técnicas de segurança para cumprimento de mandados na zona rural.